domingo, setembro 04, 2005

Leitinho de Sabão

Vocês são daqueles que antes de comer lavam as mãos? Eu sei que sou, porque nunca sei onde andei com as mãos, então por via das dúvidas é sempre melhor ir exterminar os germes que habitam nas minhas mãos, antes de pegar em algo que vá entrar no meu sistema digestivo.

O assunto deste artigo ocorreu-me quando após entrar num café e ter usado e abusado da sua WC, fui lavar as mãos. Abri a torneira com esforço, porque as torneiras dos cafés parecem ter um sistema de segurança contra crianças para não serem abertas (ou isso ou andam sempre maradas, nunca percebi muito bem), molhei um pouco as mãos para tocar nesse liquido que tanta falta anda a fazer ao nosso país (mais alguém acha que o S. Pedro anda com pedra nos rins?) e quando ia a pressionar o botãozinho que dá acesso a uma limitada quantidade de sabão líquido. Parei!

“Branco?” - pensei eu… “Estranha cor para sabão líquido…”

Não é que eu nunca tivesse lavado as mãos com sabão líquido, e também não se dá o caso de nunca ter lavado as mãos com sabão líquido branco (o que hoje em dia muito me arrependo, mas pelo menos nunca mais roí as unhas e agora como com os pés…), mas naquele momento algo surgiu na minha cabeça.

Ninguém sabe muito bem o que é que as pessoas põem naqueles recipientes, pode ser sabão perfeitamente normal (ou sabão anormal, não tenho nada contra deficientes) ou não… E foi a segunda hipótese que se apoderou da minha mente e me fez tremer de terror.

Rapidamente retirei a minha mão debaixo do recipiente, lavei as mãos só com água purinha do cano e sequei-as com os papéizinhos que lá se encontravam para o efeito. A minha mente não parava de pensar em toda uma conspiração mundial.

Pensem em todas as casas de banho do mundo, quais são as cores de sabão que já alguma vez viram? Têm o rosa-igual-à-caixa-de-detergente-da-loja-do-chinês, o verde-ranho-ranhoso-com-extra-muco, e o branco-… Se bem que o verde também acaba por ser uma cor assustadora quando pensamos nisso, o branco mete uma hipótese muito mais assustadora. Pensem em milhões de donos de café e restaurante, e milhões de homens da limpeza. Imaginem-nos em suas casas sentados no sofá a ver o jogo de futebol:

“Querida, traz mais uma cerveja! Ah porra, amanhã tenho de pôr sabão nas casas de banho! Esquece, não tragas a cerveja, traz-me um garrafão de 5 litros e fecha a porta! Deixa cá ver o que é que está a dar no Sexy Hot…” (eu sei que já acabou… mas escrever “Sexy Hot” tem muito mais piada que escrever “Canal Vénus”, que parece que estou a fazer um anúncio para a Gillete.)

“Schlop, Schlop, Schlop…”

Nunca mais vou lavar as mãos com sabão líquido fora de casa, não apoio tarados que se excitam com gente a lavar as mãos...

No próximo artigo: Discussão sobre os vários significados da pergunta: “Vocês são daqueles que antes de comer lavam as mãos?”


Prova 1:


(foto tirada numa casa de banho dum café português, fotógrafo: eu)



You can’t handle the truth…



7 comentários:

plummer disse...

Pois é eu já imaginei o que pode estar ali dentro daqueles frascos com cores duvidosas e por isso prefiro usar só a águinha é mais seguro e saudável. :)

Sr. Fb disse...

Axo que se o dono de um restaurante fizesse uma coisa dessas eu estaria sem duvida mais preocupado com outros ingredientes extras que pudessem dar um gostinho mais humano se é que se lhe pode chamar assim......

PS:Estas letras que aparecem a seguir sao dificeis de acertar porra

Atum disse...

O LIDL tem um sabonete líquido chamado Heavenly Body Milk que é exactamente a mesma coisa. É, inclusivamente, altamente viscoso e com uma fragrância bastante inconclusiva, pelo que recomendo que te afastes de igual forma de tal produto. Sabe deus como eu me lavei com o sabão do tanque depois de usar aquilo.

anamnesies disse...

Nesse caso seria melhor chamar uma equipa de especialistas para provar da amostra, para saber o que realmente era!

raquelmoniz disse...

Nunca mais conseguirei utilizar sabão liquido num local público.

mindgap disse...

para aferir da qualidade do sabão, podes sempre fazer como o actor principal com filme "doidos por mary"... tiras logo todas as dúvidas acerca da composição do dito cujo... ;)

Parvo na Cadeira disse...

Eu continuo a usar sabão mas não penso uito nisso, seja o que Deus quiser (ou Alá, ou Buda pra quem tá mais praí virado)